Histórico

A Associação Open Door surgiu a partir do encontro de Marta Zerbazzi, professora de inglês, formada em TEFL (Teaching English as a Foreign Language) pela St Giles International e, Gustavo Pimenta , um portador de paralisia cerebral, com forte comprometimento motor e da fala, bacharel em Ciência da Computação.

Após sua alfabetização na Associação de Apoio ao Deficiente -AACD, Gustavo Pimenta , através de formas criativas que lhe possibilitaram usar o computador, e de orientação e apoio, concluiu o curso de Ciência da Computação no Instituto São Camilo, escreveu um livro “A Comunicação do Deficiente por meio de Sistemas de Apoio Suplementar – (SAS) e participou da reunião anual do SBPC, ocorrida em Recife em julho/2003, apresentando este trabalho.

Surgiu então a necessidade de capacitar-se em inglês para ampliar suas perspectivas profissionais e culturais. A partir dessa experiência, observou-se que não havia organizações sociais que oferecessem capacitação, gratuita, em inglês ou informática.

A proposta da Associação é aproveitar as experiências e a motivação dos fundadores para que, pessoas com deficiência, em potencial, tenham oportunidades de desenvolvimento. A Associação deverá proporcionar aos seus beneficiários, ferramentas e apoio, para que prossigam nos estudos e alcancem uma maior e melhor integração comunitária